quarta-feira, maio 31, 2006

Jesus Cristo é cá da malta!!

Image Hosted by ImageShack.us


"Um estudo publicado pela revista High Times, especializada em divulgar fatos relativos ao uso da maconha lança a tese de que muitos dos milagres de Jesus Cristo foram feitos usando uma mistura à base de maconha. De acordo com o professor de mitologia clássica da Universidade de Boston Carl Ruck, responsável pelo estudo, Cristo e seus apóstolos teriam usado um óleo feito com a planta para curar doentes. A rede britânica BBC, que veiculou a informação, identifica a mistura de maconha usada por Cristo como o kaneh-bosem, extrato usado para curar enfermidades físicas e mentais. Os cientistas, que encontraram nas escrituras sagradas referências à utilização do kaneh-bosem, dizem que ao contrário de hoje, as propriedades medicinais da Cannabis Sativa eram utilizadas por absorção através da pele. Além dos pesquisadores norte-americanos, diversos estudiosos lingüistas já haviam identificado a maconha como o ingrediente principal do óleo referido na Bíblia. Os doentes eram mergulhados na essência, que curava epilepsia, problemas na pele, nos olhos, ou até mesmo menstruais. O estudo em nenhum momento coloca em dúvida os milagres de Jesus Cristo. A fé não é dissociada da cura pelos cientistas, que buscaram descobrir se a Igreja Católica, em seus primeiros anos, utilizou substâncias medicinais para curar enfermidades."

Será k Cristo fumava maconha??
Já tou a imaginar as conversas
Cristo: Hey man, foste xunga, n devias ter feito essa merda, eras como um brother p mim...
Judas: Ei oh mano, n stresses, isso passa!
Cristo: Passa o caralho... agr tou fodido...
Judas: Oh, caga nisso... vamos mas é fumar este.
Cristo: Ta-se!

ALELUUUUUUUUUUIA IRMÃOS

terça-feira, maio 30, 2006

DEAMBULAÇÕES DA MENTE

Elas põem piercings, fazem tatuagens, liftings, limpezas de pele, furam as orelhas, têm partos, fazem cesarianas, lipo-aspirações, implantam silicone nos peitos, tornam os lábios mais carnudos, encurtam o intestino, depilam-se com cera a ferver, modelam o nariz, arrancam as sobrancelhas, corrigem os maxilares, tiram costelas para reduzir a cintura, usam sapatos do numero abaixo...
...E NÃO LHES PODEMOS IR AO CÚ PORQUE LHES DOI?! NÃO ME FODAM!!!!

XUXUPEREKA

Derivado do latim xuxuperekus.

+ O k significa:
Tetrahidrocannabinol - 6,6,9-trimetil-3-pentil-6H-dibenzo[b,d]piran-1-ol

+ LD50:
730 mg/kg via oral
42 mg/kg inalado

+ A história:
Quimico derivado de uma planta.
O primeiro registo na história sobre xuxupereka do qual se tem notícia foi encontrado num livro chinês de farmacologia, de 2730 a.C. Era prescrita como remédio eficaz contra "debilidade feminina, reumatismo e apatia e também para cicatrizar feridas, infecções na pele e problemas no sistema nervoso". As sementes, em infusão, eram usadas para combater vermes. O óleo era indicado contra caspa e o suco das folhas aplicado contra picadas de aranhas e escorpiões.

+Indicações terapeuticas:
Agente antiemético, estimulador de apetite, auxiliar contra espasmos musculares e movimentos desordenados, sendo útil também em casos de glaucoma, porém em doses muito altas, sendo assim é capaz de auxiliar pessoas no tratamento de doenças com doença de Parkinson, esclerose múltipla, traumatismo raquimedular, cancro, desnutrição, SIDA ou com qualquer outra condição clínica associada a um quadro importante de dor crônica.

+ Como actua no cerebro:
O tetrahidrocannabinol actua sobre moleculas especificas, presentes nas membranas celulares dos neurónios. Estas moleculas são receptores chamados CB, quando são activados pelo tetrahidrocannabinol diminuem a transmisão de sinais quimicos entre os neuronios.


+ Factos:
Em 1990, arqueologistas israelitas depararam-se com um quebra-cabeças, o esqueleto de uma mulher que morrera há mais de 1600 anos e que carregava, no seu ventre, o esqueleto de um feto. Junto com os restos mortais de mãe e filha, os arqueologistas encontraram grande quantidade de cinzas. Ao analisar no laboratório, a surpresa: as cinzas continham traços de Tetrahidrocannabinol.

Os primeiros jeans foram feitos da fibra da planta originadora.


+ Efeitos secundários:
Inibição das funções do sistema nervoso central, euforia, alucinações e percepções visuais e auditivas intensificadas, diminuição da coordenação motora, perda da habilidade de realizar tarefas múltiplas, interferências na memória de curto prazo.

sexta-feira, maio 26, 2006

EM CONSTRUÇÃO!!!!!!!!!!!!!